Login  Recuperar
Password
  19 de Outubro de 2021
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas da Rainha, Regional
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

14 mortes numa semana nas Caldas e menos 1649 casos ativos na região Oeste

No espaço de uma semana houve 62 óbitos associados à Covid-19 na região Oeste, elevando o total para 643. Foi nas Caldas da Rainha e em Torres Vedras que se verificaram mais falecimentos neste período – 14.

16-02-2021 | Francisco Gomes

De acordo com a divulgação até à noite de 15 de fevereiro, Torres Vedras registava 156 óbitos (mais 14) e era o concelho com mais mortes.
Caldas da Rainha é o segundo município com mais falecimentos, sendo agora 111 (mais 14), seguindo-se Alcobaça – 72 (mais 4), Alenquer – 67 (mais 5), Óbidos – 48 (mais 8), Arruda dos Vinhos – 47 (mais 2), Peniche – 42 (mais 5), Lourinhã – 36 (mais 4), Sobral de Monte Agraço – 19 (mais 1), Bombarral – 18 (mais 3), Nazaré – 15 (mais 2) e Cadaval – 12 (mantém).
Em relação aos casos ativos na Região Oeste, passaram de 5320 para 3671 (menos 1649). O concelho com o número mais elevado é Alenquer – 1123 (menos 199).
Seguem-se Alcobaça – 477 (menos 332), Torres Vedras – 448 (menos 435), Arruda dos Vinhos – 395 (menos 4), Caldas da Rainha – 315 (menos 170), Peniche – 315 (menos 167), Lourinhã – 241 (menos 89), Sobral de Monte Agraço – 179 (menos 26), Bombarral – 75 (menos 58), Óbidos – 46 (menos 80), Nazaré – 37 (menos 79) e Cadaval – 20 (menos 10).
Em Torres Vedras havia 93 (menos 46) casos suspeitos a aguardar os resultados laboratoriais e 1654 (menos 414) contactos sob vigilância ativa das autoridades de saúde.
Em Peniche os casos ativos eram registados na cidade (217, menos 74), em Atouguia da Baleia (57, menos 50), em Ferrel (35, menos 39) e Serra d’El Rei (6, menos 4). Havia 487 (menos 343) pessoas em quarentena ou sob vigilância.
Na Nazaré havia 26 (menos 54) casos na vila, 7 (menos 11) em Valado dos Frades e 4 (menos 14) em Famalicão.
Na Lourinhã havia 1 (menos 4) pessoa em vigilância passiva e 345 (menos 187) em isolamento.
Nos restantes concelhos do Oeste não foram divulgadas mais informações.
Não pertencendo à região Oeste, mas por ser um concelho que faz fronteira com o de Caldas da Rainha, eis os dados referentes a Rio Maior: 45 óbitos (mais 3), 241 casos ativos (menos 141) e 160 sob vigilância ativa (menos 5). No total houve 2103 casos (mais 125) e 1817 recuperaram (mais 263).
Total de casos confirmados: Torres Vedras – 5238 (mais 116); Alenquer – 3724 (mais 105); Alcobaça – 2852 (mais 57); Caldas da Rainha – 2399 (mais 93); Peniche – 1636 (mais 73); Lourinhã – 1217 (mais 107); Arruda dos Vinhos – 1150 (mais 20); Sobral de Monte Agraço – 776 (mais 21); Nazaré – 687 (mais 14); Óbidos – 599 (mais 26); Bombarral – 505 (mais 28); Cadaval – 499 (mais 33).
Total de casos recuperados: Torres Vedras – 4634 (mais 537); Alenquer – 2534 (mais 299); Alcobaça – 2303 (mais 385); Caldas da Rainha – 1973 (mais 249); Peniche – 1279 (mais 235); Lourinhã – 940 (mais 192); Arruda dos Vinhos – 708 (mais 22); Nazaré – 635 (mais 91); Sobral de Monte Agraço – 578 (mais 56); Óbidos – 505 (mais 98); Cadaval – 467 (mais 43); Bombarral – 412 (mais 83).

4 concelhos não estão no risco extremamente elevado

Segundo o boletim da Direção Geral da Saúde, a avaliar pela incidência cumulativa a 14 dias no período de 27 de janeiro a 9 de fevereiro, o Cadaval mantém-se em risco muito elevado (480-959 casos por 100 mil habitantes), tendo agora no mesmo nível os concelhos da Nazaré, Alcobaça e Óbidos. Todos os restantes concelhos mantêm-se no nível de risco extremamente elevado (960 ou mais casos por 100 mil habitantes)
Rio Maior, Alenquer e Peniche são, por esta ordem, os concelhos com índice mais alto de infeções por 100 mil habitantes, sendo o Cadaval o concelho que continua a apresentar o índice mais baixo: Rio Maior – 2625 (menos 879); Alenquer – 1357 (menos 414); Peniche – 1230 (menos 381); Sobral de Monte Agraço – 1221 (menos 525); Arruda dos Vinhos – 1200 (menos 772); Bombarral – 1107 (menos 183); Caldas da Rainha – 1031 (menos 408); Torres Vedras – 1023 (menos 571); Lourinhã – 982 (menos 422); Alcobaça – 799 (menos 454); Óbidos – 776 (menos 600); Nazaré – 748 (menos 777); Cadaval – 549 (menos 277).
Novos casos registados de 27 de janeiro a 9 de fevereiro: Torres Vedras – 803; Alenquer – 598; Caldas da Rainha – 535; Rio Maior- 535; Alcobaça – 428; Peniche – 326; Lourinhã – 254; Arruda dos Vinhos – 185; Bombarral – 139; Sobral de Monte Agraço – 130; Nazaré – 106; Óbidos – 92; Cadaval – 75.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar