Login  Recuperar
Password
  19 de Janeiro de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Sociedade, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Almoço solidário para reconstrução de casa paroquial que ardeu no Landal

O Grupo Desportivo do Landal organiza um almoço solidário para com o padre José Gonçalves, pároco do Landal, A-dos-Francos e São Gregório, cujos fundos revertem para reconstrução da residência paroquial, destruída por um incêndio na noite de 4 de dezembro.

10-01-2018 | Francisco Gomes

Casa paroquial
[+] Fotos
Casa paroquial
O almoço terá lugar no dia 14 de janeiro, a partir das 13h, nas Tasquinhas do Landal, tendo um custo de dez euros por pessoa. As inscrições podem ser feitas pelo tlm. 914874809.
Antes, pelas 11h45, haverá missa na igreja paroquial do Landal. Às 15h haverá animação e visita aos destroços da residência.
A casa paroquial ficou destruída na sequência de um incêndio que terá tido origem na saída de gases de uma salamandra acesa e que entraram em contato com o revestimento em madeira.
O alerta foi dado pelas 23h41, quando o padre José Gonçalves, de 68 anos, estava no interior da casa e se apercebeu das chamas.
“Pus um taco de lenha na salamandra e fui descansar. Vinte minutos depois ouvi um barulho esquisito e fui ver o que se passava, era o teto que estava todo a arder”, contou ao JORNAL DAS CALDAS.
O padre ainda tentou apagar o fogo com baldes de água, mas “começaram a cair pedaços de madeira incandescentes em cima de mim”. “Só tive tempo de fugir de casa. Cheguei a recear muito pela vida. Foi um grande susto”, adiantou.
Quando os bombeiros das Caldas da Rainha chegaram ao local já estava “a casa praticamente toda tomada pelo incêndio e o telhado a cair”, relatou o comandante da corporação, Nelson Cruz.
Os bombeiros compareceram com 22 operacionais e seis viaturas, mas as chamas alastraram com tanta rapidez que foi impossível serem travadas. A remoção dos escombros só terminou cerca de cinco da manhã.
Devido ao incêndio ficou destruída grande parte dos registos paroquiais, relacionados com casamentos, batizados e óbitos, mas segundo o padre, “o Patriarcado de Lisboa tem cópias”. “Ainda encontrámos alguns livros de registos bem conservados debaixo do entulho”, revelou José Gonçalves. O telhado e o recheio da casa arderam. Só ficaram as paredes.
José Gonçalves está a ser acolhido em casa de paroquianos até a habitação ser reconstruída. Armando Monteiro, autarca do Landal, garante que a junta de freguesia, a Câmara Municipal das Caldas da Rainha e a população vão ajudar na reconstrução da casa. O pároco é bastante estimado nas paróquias que preside.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar