Login  Recuperar
Password
  23 de Outubro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Autarquia vai participar nos custos de nadadores salvadores na praia da Foz do Arelho

As regras para as idas à praia em tempo de Covid-19 entraram em vigor no dia 26 de maio. O decreto-lei estabelece as normas de acesso, ocupação e utilização das praias de banhos, no contexto da pandemia, e tem em conta a necessidade de todos os utilizadores respeitarem o distanciamento físico e a não concentração em grupos, a higiene frequente das mãos, a etiqueta respiratória, a limpeza e higienização dos espaços, e a utilização de máscara ou viseira. As praias abrem oficialmente a 6 de junho.

28-05-2020 | Marlene Sousa

Câmara ainda não divulgou propostas sobre controlo de ocupação de praia
[+] Fotos
Câmara ainda não divulgou propostas sobre controlo de ocupação de praia
O JORNAL DAS CALDAS esteve nas praias do mar e da lagoa, na Foz do Arelho, e falou com a vice-presidente da Câmara das Caldas, Maria João Domingos, sobre como vão funcionar as novas regras.

A autarca disse que conforme estabelecido no artigo 12º do Decreto-Lei 24/2020, “as entidades concessionárias devem sinalizar o estado de ocupação das praias", aguardando-se que a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) determine, mediante despacho a publicar, a capacidade potencial de utilização de cada praia, assim como os métodos e tecnologias destinados a estimar a ocupação das praias.
Igualmente está prevista que a aplicação móvel "Info praia" disponibilize essa informação em tempo real.
No entanto, Maria João Domingos revelou que “decorreu na terça, dia 26 de maio, à tarde [já depois do fecho desta edição] uma reunião com a APA e os municípios da região oeste com praias costeiras, para debater a implementação das normas e orientações às especificidades regionais”.
A vice-presidente disse ao JORNAL DAS CALDAS que tinha “algumas propostas sobre este assunto do controlo de ocupação de praia que procuraremos validar nesta reunião, em face do que a autarquia tem vindo a preparar com concessionários e associação de nadadores salvadores e que iremos consubstanciar depois de igualmente articular posições com Autoridade Marítima e GNR, no sentido do cumprimento das normas legais”.
A autarquia vai participar nos custos de assistência e segurança a banhistas previstos no Plano Integrado de Salvamento para as Praias da Foz. “Por estarmos a viver uma época excecionalmente limitativa do rendimento e acréscimo de custos de funcionamento dos concessionários, apoios e bares de praia, também por via do cumprimento das regras de utilização dos espaços, está a ser ponderado pela câmara uma participação nos custos de assistência e segurança a banhistas”, contou.
Maria João Domingos adiantou que “não está previsto no enquadramento legal que foi publicado qualquer acréscimo de responsabilidade para os nadadores salvadores”.
Contudo, “todos somos indispensáveis na prevenção da Covid-19, todos seremos essenciais no cumprimento estrito das normas de utilização das praias, tal como de todos os contextos públicos, mantendo as condutas individuais ajustadas e os contributos para a segurança de comunidade”, sublinhou a autarca.
Quanto às barreiras físicas que foram colocadas na zona de estacionamento na praia da Foz do Arelho, a vice-presidente da autarquia disse que foi decidido em reunião de Câmara “retirá-las na sexta-feira, 29 de maio. “As barreiras foram colocadas em articulação com a GNR, Autoridade Marítima e Junta de Freguesia da Foz do Arelho, visando restringir o acesso à praia. “Agora como estamos numa fase de alívio do confinamento, foi decidido reunir com as mesmas entidades com o intuito de retirar as barreiras”, informou a autarca.
Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS, o presidente da Câmara, Tinta Ferreira disse que a autarquia está a colaborar com a associação de nadadores salvadores para garantir que “haja um número adequado e articular com os concessionários o alargamento dos espaços, o fornecimento de gel à entrada das praias e a verificação se a praia está muito cheia ou não para termos um alerta sonoro para avisar as pessoas caso haja gente a mais”.
O autarca revelou que um conjunto de medidas será “anunciado em tempo útil com o objetivo de que a praia da Foz do Arelho e de Salir do Porto passem ser vivenciadas com segurança”.
Tinta Ferreira adiantou que não podem “impedir que ninguém entre na praia”. “Não podemos multar nem obrigar as pessoas a terem uma determinada atitude, mas vamos sensibilizar”, apontou, acrescentando que “a praia da Foz do Arelho é muito grande, com espaço suficiente para as pessoas estarem tranquilamente”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar