Login  Recuperar
Password
  18 de Janeiro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Ocorrências
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Fogo no Bairro dos Arneiros destrói apartamento de idosos

Um casal de idosos teve de ser realojado na sequência de um incêndio que destruiu a sua habitação na cidade das Caldas da Rainha, na passada quinta-feira, tendo Henrique Machado, o único ocupante que estava na altura no apartamento, sido salvo por dois vizinhos, que subiram até ao terceiro andar e retiraram o homem, de 71 anos, para o exterior. Uma vizinha, de 52 anos, foi transportada ao hospital devido a uma crise de ansiedade mas teve alta pouco depois e regressou ao prédio, onde só os moradores no apartamento incendiado é que não puderam voltar.

04-12-2019 | Francisco Gomes

Incêndio em apartamento no terceiro andar de um prédio
[+] Fotos
Incêndio em apartamento no terceiro andar de um prédio

O fogo, cujas causas estão a ser investigadas, danificou por completo o apartamento na Rua Manuel Matos e Sousa, no Bairro dos Arneiros. “Eu estava na rua e o meu marido gritou para chamar os bombeiros. Subi e vi muito fumo. Se não fossem os vizinhos o meu marido morria lá dentro. As paredes estão praticamente todas num esqueleto. Estou destroçada”, relatou ao JORNAL DAS CALDAS Roseta Cordeiro, de 70 anos, moradora na habitação incendiada. 

“Estava o apartamento todo em chamas e tudo escuro. Corremos riscos mas tínhamos de salvá-lo porque estava em aflição. Chorava muito e em pânico mas não queria sair porque estavam lá os bens a arder”, contaram Hedjelk Santos e António Pereira, os vizinhos que socorreram o idoso.

Rui Faria, chefe dos bombeiros das Caldas da Rainha, indicou que encontraram “um grande cenário de destruição e a preocupação foi evitar que o fogo evoluísse para as outras frações do prédio”, confirmando que o apartamento ficou “sem condições de habitabilidade”.

Gúi Caldas, coordenador da proteção civil, revelou que ia ser feita uma “avaliação social e financeira do casal”, para intervenção dos serviços municipais, no sentido de realojar os dois idosos, e que seria feita uma vistoria técnica ao prédio para apurar a dimensão dos danos.

A autarquia arranjou uma pensão para os idosos ficarem e disponibilizou acesso ao vestiário social, para arranjarem roupas, uma vez a maior parte que tinham ficou consumida pelas chamas. Algumas roupas foram também doadas pela Associação dos Amigos do Bairro Azul. O casal foi igualmente encaminhado para a Segurança Social. Posteriormente, foi comunicado aos idosos que o seguro da casa trataria do realojamento, pelo que prescindiram do apoio camarário.

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar