Login  Recuperar
Password
  19 de Fevereiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Ocorrências
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Detido em flagrante por captura ilegal de meixão

O Núcleo de Proteção do Ambiente de Caldas da Rainha da GNR deteve no dia 5 de fevereiro, em flagrante delito, um homem com 58 anos, por pesca de meixão, na foz do Rio Tornada, no concelho de Caldas das Rainha.

06-02-2019 | Francisco Gomes

A enguia europeia, que na fase larvar é conhecida por meixão, é uma espécie em perigo de extinção
A enguia europeia, que na fase larvar é conhecida por meixão, é uma espécie em perigo de extinção
No âmbito de uma ação de fiscalização à captura ilegal de meixão, os militares detetaram um indivíduo a pescar meixão ilegalmente, através do manuseamento de uma arte de pesca, denominada por “capinete ou arca”. Nesta ação foi apreendido o material utilizado na captura desta espécie e 219 gramas de meixão.
A enguia europeia, que na fase larvar é conhecida por meixão, estando esta classificada como uma espécie em perigo, tem vindo a sofrer um acentuado decréscimo nos últimos anos, em razão da pesca ilegal, impedindo desta forma o normal ciclo de reprodução. As 219 gramas de meixão correspondem a cerca de 650 espécimes, com um valor estimado de 1 640 euros no mercado final (países europeus e asiáticos).
O suspeito, com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, foi constituído arguido e sujeito a termo de identidade e residência. O meixão apreendido, por se encontrar vivo, foi devolvido ao seu habitat natural.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar