Login  Recuperar
Password
  19 de Junho de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Desporto
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

4.º Óbidos Ladies Open

“Papa Torneios” - Deniz Khazaniuk, campeã no bom sucesso

Deniz Khazaniuk é uma reconhecida “papa torneios” do circuito da Federação Internacional de Ténis (ITF), mas nunca tinha triunfado em Portugal, país que ela diz “há muito não visitar”.

31-05-2019 | Hugo Ribeiro

Deniz Khazaniuk com o troféu de campeã do 4.º Óbidos Ladies Open (foto Carolina Cunha)
Deniz Khazaniuk com o troféu de campeã do 4.º Óbidos Ladies Open (foto Carolina Cunha)
A israelita deu, contudo, por muito bem empregue a sua passagem pelo 4.º Óbidos Ladies Open, acabando por conquistar o seu 21.º troféu nesta categoria, o quarto dos últimos três anos em eventos da categoria de 25 mil dólares em prémios monetários, pouco mais de 23 mil euros.
Preferindo atuar em hardcourts e carpeta, Deniz Khazaniuk adaptou-se bem à relva sintética da academia de ténis do Bom Sucesso Resort e derrotou na final a espanhola Núria Parrizas, de 27 anos, que procurava o seu terceiro título internacional em Portugal, o segundo na série Óbidos Ladies Open.
A final foi bem disputada e Deniz Khazaniuk, a 3.ª cabeça de série e 257.ª classificada no ranking mundial, superou Núria Parrizas, a 4.ª cabeça de série e 272.ª na hierarquia do circuito WTA, por 6-1, 2-6 e 6-1.
“Estou muito feliz por estar de volta ao caminho certo, depois de uns meses difíceis”, escreveu nas redes sociais a atual campeã nacional de Israel, que tem a curiosidade de vencer, pelo menos, um torneio internacional todos os anos desde 2011.
A época de 2019 estava a ser complicada. Aliás, a israelita de Ashkelon não jogou entre finais de dezembro e março deste ano e quando regressou ao circuito sentiu falta de rodagem. Chegou ao Bom Sucesso Resort com apenas cinco torneios nas pernas e em nenhum deles tinha chegado sequer aos quartos de final.
Este triunfo enche-a de motivação para regressar a casa. “Vou jogar o 25 mi dólares de Jerusalém a partir de quarta-feira”, anunciou, ela que já venceu 12 títulos em Israel, mas, curiosamente, nenhum em Jerusalém.
A sua coleção de troféus da ITF incluí passagens por países como Nigéria, Grécia, México, Estados Unidos e Bélgica, o que mostra bem que sabe escolher onde pode somar mais pontos para o ranking mundial. A sua melhor classificação de sempre foi o 200.º posto em junho do ano passado.
Experimentou vir a Portugal, possui agora títulos em sete países distintos e adorou a aventura em Óbidos. “Fiquei encantada com esta equipa organizativa (do Bom Sucesso Resort) e com o ambiente que criam nos torneios”, disse Deniz Khazaniuk no seu discurso de campeã.
O 4.º Óbidos Ladies Open de 2019 encerrou as duas séries de torneios de W25 que estavam previstos na presente temporada pelo Bom Sucesso Resort, em parceria com a Federação Portuguesa de Ténis, mas poderão ainda vir a ser adicionadas novas etapas até ao final do ano.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar