Login  Recuperar
Password
  19 de Junho de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Sociedade
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Antigos estudantes da Escola D. João II ajudam alunos do 9º ano

A Apeadj – Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento D. João II levou a efeito durante a tarde do passado dia 4 a iniciativa “Diferentes percursos para o sucesso”, onde quatro ex-alunos da escola falaram do seu trajeto académico e profissional.

13-06-2019 | Marlene Sousa

Sofia Cardoso, João Pedro Machado, Sara Faria, Tânia Galeão, Emanuel Minêz, Pedro Felner e Fernanda Barahona
Sofia Cardoso, João Pedro Machado, Sara Faria, Tânia Galeão, Emanuel Minêz, Pedro Felner e Fernanda Barahona
Pedro Felner, professor do ensino superior e treinador de ténis, João Machado, médico veterinário, Sara Faria, arquiteta, e Emanuel Minês, barman e empresário, foram os convidados. São pessoas com profissões de sucesso, mas em primeiro lugar transmitiram aos alunos do 9º ano que o mais importante é “escolherem uma profissão de que gostam”. “Espero que saiam daqui fortificados para poderem ter sucesso e serem felizes”, foi a principal mensagem dos intervenientes.
Pedro Felner é licenciado em Educação Física e Desporto e professor especialista na Escola Superior de Desporto de Rio Maior. É o responsável pela Felner Tennis Academy e é proprietário de uma empresa na área do turismo. Confessou aos alunos que antes de entrar para a faculdade nunca foi um aluno brilhante. “Queria ser dentista como a minha mãe até perceber que gostava era de desporto”, contou. Aconselhou os alunos a aproveitarem qualquer oportunidade que tenham para “descobrirem a sua vocação”. Não fiquem parados a olhar para o telemóvel, façam desporto, teatro, música, voluntariado, para poderem descobrir a vossa vocação”, disse o empresário aos estudantes.
Já a arquiteta Sara Faria sempre soube que gostava de artes, mas para fazer a vontade aos pais tirou o Curso de Ciências e Tecnologias. Acabou por seguir o seu sonho e hoje é decoradora de interiores e criou a sua própria empresa de remodelação de móveis antigos. “O importante é mantermo-nos felizes em tudo o que fazemos”, concluiu.
João Machado sempre quis ser médico mas como não entrou em medicina seguiu a carreira militar e formou-se em medicina veterinária. Com uma vida estável como veterinário decidiu voltar a estudar para seguir o seu sonho e ser médico. Está neste momento a terminar o curso de medicina, aconselhando os alunos a não abdicarem dos seus objetivos e sonhos “apesar dos obstáculos que possam surgir”. Dando o seu exemplo de opção, rematou: “Escolham aquilo de que mais gostam”.
Emanuel Minêz, um dos responsáveis por um dos melhores bares do mundo, Red Frog, que fica junto à Avenida da Liberdade, em Lisboa, e proprietário do Cais da Praia na Foz do Arelho, desde cedo que trabalha em bares. Foi aí que descobriu a sua verdadeira vocação. Terminou o curso de Restauração e Catering com 30 anos. Foi um dos criadores do Lisbon Bar Show, maior feira de coquetelaria e bebidas espirituosas de Portugal - e o único evento deste género destinado principalmente a profissionais do setor. Abriu em Lisboa outro bar - Monkey Mash. 
Como profissional do mundo das bebidas, Emanuel Minêz aconselhou os alunos a participarem no máximo de experiências, para verem o que realmente gostam. Também falou da necessidade de inovar e criar coisas diferentes e únicas.
Coube a Tânia Galeão e Sofia Cardoso, da Apeadj, concluírem a sessão, esperando que os jovens saiam mais motivados para o futuro porque muitos “estão numa fase de indecisão sobre o querem seguir em termos académicos”. Para estas responsáveis é importante que os alunos aproveitem bem “as oportunidades que a escola lhes dá e lutarem por aquilo que querem”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar