Login  Recuperar
Password
  14 de Novembro de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Desporto
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Óbidos Ladies Open 2018 em ténis

O Óbidos Ladies Open 2018 foi um êxito. Contando com cerca de 70 atletas de mais de 30 países, este torneio de ténis, que decorreu entre 29 de maio e 17 de junho no Bom Sucesso, Óbidos, superou todas as expetativas da organização.

27-06-2018 |

Dejana Radanovic venceu duas finais e perdeu uma
Dejana Radanovic venceu duas finais e perdeu uma
Pedro Portugal, diretor do torneio, referiu que “este evento é bom para o ténis e para a região”, lembrando que a coincidência de calendário com o Roland Garros “permitiu às atletas portuguesas terem uma oportunidade de disputar o quadro principal”.
O responsável pelo Óbidos Ladies Open destacou as prestações de duas tenistas nacionais: “A Inês Murta e a Francisca Jorge tiveram boas exibições, inclusive uma hipótese séria da Francisca passar aos quartos-de-final”. A aposta no ténis feminino é clara e Pedro Portugal afirmou que “estas provas servem para garantir que o ténis feminino comece a elevar o seu nível, o que só é possível com mais jogos e com mais competição”.
“O Óbidos Ladies Open começa a ter algum nome no circuito internacional e sentimos que há cada vez mais atletas a jogarem regularmente no circuito”, salientou. Esta aposta no desporto é também uma forma de promover a região e o próprio espaço onde decorre a prova: “No resort há uma componente desportiva muito forte a nível do golfe e estrategicamente estamos a apostar em modalidades como o futebol e ténis”.
Em termos desportivos, o Óbidos Ladies Open contou as melhores atletas nacionais e jogadoras que já estiveram no top 30 mundial, como é o caso de Urszula Radwanska, que em 2012 foi número 29 do mundo. Nas últimas três semanas de torneio destacaram-se duas tenistas. A primeira semana teve como vencedora a polaca Katarzina Kawa, mas o grande destaque destas três rondas vai para Dejana Radanovic, atleta sérvia da Player Zone Tennis Team, equipa de referência no mundo do ténis. A atual número 245 do mundo venceu duas das três edições, sendo finalista na primeira semana frente a uma atleta que chegou à final a jogar todas as rondas desde a qualificação. Acabou por perder a final por 6-4/5-7/3-6.
Na 2ª e 3ª rondas Dejana Radanovic triunfou, tendo vencido a italiana Giulia Gatto-Monticone por 6-2/6-1 e a espanhola Nuria Parriza-Diaz por 6-3/6-3, respetivamente.
Na vertente de pares os torneios foram ganhos pela dupla Amina Anshba e Sofia Shapatava na primeira edição, Linnea Malmqvist e Angelica Moratelli na segunda edição e Giulia Gatto-Monticone e Giorgia Marchetti na terceira e última edição.
Para além de grandes atletas internacionais, o Óbidos Ladies Open recebeu referências do ténis português, como Neuza Silva e Nuno Marques. Marques, um dos nomes mais importantes da história do ténis nacional, é agora treinador da academia do número 2 mundial, Rafael Nadal, que acaba de vencer pela 11ª vez Roland Garros. Enquanto Nadal lutava pelo troféu em terra batida, Nuno Marques tinha duas atletas a jogar em relva no Óbidos Ladies Open.
Estes torneios semanais de 25 mil dólares foram organizados pelo Clube Guardian Bom Sucesso, pela Câmara Municipal de Óbidos e pela Federação Portuguesa de Ténis.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar