Login  Recuperar
Password
  20 de Janeiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Cultura, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Concerto de Ano Novo pela Banda Comércio e Indústria enche CCC

Cumpriu-se a tradição no CCC com a Banda Comércio e Indústria (BCI) das Caldas da Rainha a dar as boas vindas ao novo ano, sob a direção artística do maestro Adelino Mota. Foi um momento de grande mediatismo para a música clássica.

09-01-2019 | Marlene Sousa

Banda Comércio e Indústria das Caldas da Rainha sob a direção artística do maestro Adelino Mota
[+] Fotos
Banda Comércio e Indústria das Caldas da Rainha sob a direção artística do maestro Adelino Mota
O Concerto de Ano Novo da BCI das Caldas da Rainha em coprodução com o Centro Cultural e de Congressos (CCC) é já um clássico anual desde 2013 e que tem esgotado todos os anos o grande auditório.
A tarde de 6 de janeiro foi emocionante para as 660 pessoas que assistiram ao repertório de dez peças interpretadas pelos 66 músicos dos 11 aos 58 anos e dirigidos pelo maestro Adelino Mota.
No final, que terminou com “Radetzky March”, de Johann Strauss e uma ovação de pé com muitos aplausos do público, a opinião foi unânime. O concerto foi “muito bom!”. Era o que se ouvia no foyer, durante o beberete com champanhe.
No concerto do Ano Novo de 2019 foram apresentadas algumas das peças gravadas no CD da BCI “Uns Clássicos”, lançado em 2018, de compositores como Mozart, Rossini, Suppé, Bizet, Ravel, Tchaikovsky, Dvorak e Shostakovich.
Dez temas marcaram o espetáculo da banda das Caldas. “Alte Kameraden March” (Carl Teike) deu o arranque, seguindo-se “Light Cavalry” (Franz Von Suppé).
Destaque para a interpretação da “Valsa Alicinha”, composta nas Caldas em 1927 por António Carvalho, recuperada por Adelino Mota e único tema português que está no disco.
Dignificou ainda mais este concerto o apresentador António Macedo, bem conhecido dos ouvintes da Antena 1 e dono de uma das mais marcantes vozes da atualidade.
“É para mim uma tremenda honra, ter sido convidado por Adelino Mota para apresentar este concerto numa sala com estas condições absolutamente únicas no nosso país tanto para o público como para os artistas ainda por cima uma sala lotada”, disse, o locutor de rádio.
António Macedo mostrou ainda a felicidade de poder testemunhar um “acontecimento musical único e absolutamente irrepetível”.
“Não há expressão artística como a música produzida em conjunto para consagrar a harmonia e sobretudo a harmonia coletiva”, referiu o locutor de rádio. Considera que a música é “liberdade”, que “harmoniza acentuadas diferenças entre por exemplo uma flauta e uma tuba ou entre um trombone e um saxofone, sempre só com o tempero da batida ora macia ora poderosa da percussão”. “A liberdade de afirmação individual em harmonia com a liberdade de praticar em conjunto sem nunca perder a identidade e a assertividade”, salientou António Macedo.
O presidente da Câmara das Caldas, Tinta Ferreira, que subiu ao palco, comparou este concerto com o de Ano Novo da Filarmónica de Viena, o mais importante concerto de música clássica do mundo. Aproveitou a ocasião para desejar a todos um bom ano novo e que consigam atingir os “objetivos”.
Em declarações à imprensa, o maestro Adelino Mota afirmou que “não há melhor maneira de começar 2019 do que com música”, considerando que o “concerto foi um grande sucesso”.
Adelino Mota destacou o CD “Uns Clássicos”, que tal como o nome sugere só tem repertório da música erudita. Um tema já foi tocado na Antena 2. “Pensamos ser a primeira banda em Portugal a ter um CD só dedicado a este repertório, todo feito para a Orquestra Sinfónica, sendo que, neste CD, todas as peças foram adaptadas a Orquestra de Sopros/Banda”, referiu.
Este concerto “é um traço de união” e reflete o desejo de trazer para o ano que agora se inicia muita música”. “O ano 2019 vai ser muito rico, com mais quatro concertos. Já em maio vai decorrer um concerto só de música brasileira, no CCC, em homenagem à comitiva do Brasil no âmbito do intercâmbio cultural com a cidade brasileira de Santo Amaro da Imperatriz”, anunciou Adelino Mota.
Vai decorrer ainda o concerto da BCI na Praça da Fruta e na Frutos 2019.
O registo audiovisual deste concerto teve o apoio do CCC e dos alunos do curso de Audiovisuais da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro.
O champanhe foi oferecido pela Adega Cooperativa de Vermelha.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar