Login  Recuperar
Password
  19 de Fevereiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Cultura
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Caldas recebeu o Campeonato Nacional de Dança

Patrícia Carmo com o seu par venceram o título na modalidade de latinas

A caldense Patrícia Carmo, com o seu par Miguel Fernandes, voltaram a vencer em “casa” o Campeonato Nacional de Dança, na categoria “Adultos Open Latinas”, que decorreu no passado sábado no Pavilhão da Mata, nas Caldas da Rainha. Esta prova, que é considerada a mais importante do calendário da Federação Portuguesa de Dança Desportiva, contou com a participação de 250 dançarinos, entre os quais mais um caldense, Fábio Tomás, com o par Soraia Santos.

13-02-2019 | Mariana Martinho

Entrega dos prémios na categoria “Adultos Open Latinas”, em que a caldense Patrícia Carmo, com o seu par Miguel Fernandes, foram os vencedores
[+] Fotos
Entrega dos prémios na categoria “Adultos Open Latinas”, em que a caldense Patrícia Carmo, com o seu par Miguel Fernandes, foram os vencedores
Este campeonato, que apura os melhores pares do país de cada escalão, que irão representar as cores portuguesas em provas estrangeiras, decorreu durante todo fim-de-semana. No sábado foi a vez dos pares dançarem cinco estilos diferentes de ritmos latino americanos (chá-chá-chá, samba, jive, rumba e paso doble) e cinco clássicas/standard (valsa inglesa, valsa vianense, tango, quickstep e foxtrot), perante um painel de jurados. Em dois minutos, estes avaliaram o par em vários aspetos como o vestuário, técnica, musicalidade, cumplicidade, presença, equilíbrio e até mesmo a sua postura fora da pista.
Nesse dia e após quatro rondas, a caldense que faz par com Miguel Fernandes conquistou o título da prova na categoria de Adultos Open, deixando 28 concorrentes de todo o país para trás.
Para a jovem atleta, que se mostrou muito satisfeita com o resultado, “esta vitória é tão doce e sabe tão bem, sobretudo quando se está em casa, perto dos meus amigos e da família”. Igualmente destacou que esta vitória “é o resultado de muitas horas de trabalho, de esforço e dedicação, sem esquecer que é uma boa maneira de começar o ano”.
Patrícia Carmo pratica a modalidade desde os 12 anos e atualmente é atleta da Alunos de Apolo. Como o seu par é natural do Porto, a jovem foi estudar para lá, onde faz as dez horas de treino por semana.
Os objetivos para este ano passam por “continuar a trabalhar e a tentar elevar Portugal ao topo nacional e internacional”, e ainda “continuar a ser feliz dentro da pista”.
Relativamente ao apoio que recebe da autarquia, Patrícia Carmo sublinhou que é “um fator bastante importante para nós, enquanto atletas, pois necessitamos cada vez mais desse tipo de ajudas”. A jovem caldense referiu que é “uma experiência nova, que vai trazer benefícios para ambos”.
Já o seu parceiro, Miguel Fernandes, que é de Barcelos, salientou que “esta foi uma experiência incrível e se não fosse com a Patrícia, não era com mais ninguém”. Afirmou ainda que “ela é sem dúvida a minha alma gémea artística e, por isso, estou grato dela dançar comigo”.
Além disso destacou que esta vitória tem um “sabor especial”, pois é o “culminar de dez anos de trabalho e dez anos consecutivos que sou campeão nacional de dança desportiva na modalidade de latinas”.
No domingo, a competição continuou com a realizou da primeira prova do circuito All Girls e Solo Dance.

“Caldas como marca relevante no panorama desportivo”

O evento contou mais uma vez com a organização da Escola Alunos de Apolo de Lisboa, em parceria com a Câmara Municipal das Caldas da Rainha.
Segundo José Carlos Rodrigues, responsável técnico da academia, foi “com enorme prazer que realizamos mais um campeonato nacional nas Caldas da Rainha, sendo esta uma das competições mais importantes a nível nacional”. Destacou ainda que “é nossa responsabilidade patrocinar a todos uma competição glamorosa mas acima de tudo que dignifique o nosso desporto”.
Igualmente referiu que “uma competição desta dimensão exige uma disponibilidade logística e financeira que para nós, escola de dança, seria impossível suportar desta forma”, como tal, agradeceu mais uma vez o apoio disponibilizado pela autarquia caldense, que “sempre se tem prontificado para que a realização desta prova seja possível”.
José Carlos Rodrigues aproveitou ainda a ocasião para homenagear o dirigente da Federação Portuguesa de Dança Desportiva, Alberto Rodrigues, que “ao longo destes anos tem tido a responsabilidade e sido fundamental para evolução da dança desportiva nacional”. Prova disso é que “a dança em Portugal tem crescido e evoluído”.
Já Tinta Ferreira, presidente da Câmara Municipal, destacou que “esta é uma grande prova desportiva, simultaneamente essencial, que traz muitas pessoas e meios de comunicação especializados à cidade”. Mostrou-se satisfeito com o impacto que este evento tem trazido à cidade, sendo “mais um elemento de atratividade, que faço questão de salientar, que é a importância do turismo desportivo”. E isso, “coloca Caldas como marca importante e relevante no panorama desportivo”.
Para este evento, a autarquia realizou “algumas melhorias” no Pavilhão da Mata ao nível das entradas, dos acessos e do espaço. De acordo com o edil, foram “pequenos melhoramentos que acabam por ter um impacto significativo”.
Além dessas melhorias, a própria federação também trouxe um piso especificamente para o recinto, de modo a que o “evento corresse da melhor maneira”.
O autarca aproveitou ainda para destacar que “apesar de não existir um clube desportivo de dança caldense temos atletas de referência de vários escalões, como é o caso da Patrícia do Carmo”, que tem tido “um grande impacto a nível nacional e internacional”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar