Login  Recuperar
Password
  24 de Setembro de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Regional
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Historiador caldense mantém-se na comissão de instalação do Museu da Resistência

A entrada do historiador Pacheco Pereira para a Comissão de Instalação dos Conteúdos e da Apresentação Museológica (CICAM) do futuro Museu Nacional da Resistência e da Liberdade, em Peniche, é a única alteração à composição deste órgão e não tem associada a substituição do historiador caldense João Bonifácio Serra, como foi anteriormente noticiado pelo JORNAL DAS CALDAS.

29-08-2018 |

Segundo um despacho publicado no Diário da República, a comissão ficaria reduzida a seis elementos, sugerindo implicitamente a saída de João Bonifácio Serra e também de Raimundo Narciso, do movimento Não Apaguem a Memória. Contudo, o Ministério da Cultura revelou ter havido um lapso nesse despacho, na numeração, que podia induzir a esse erro, tendo sido emitido novo despacho a corrigir.
Assim, segundo o Ministério da Cultura, os dois historiadores e o responsável do movimento integram a comissão, no total de oito elementos, e não há qualquer saída ou substituição.
A CICAM tem a missão de propor os conteúdos a expor naquele museu nacional e sugerir linhas de orientação acerca da apresentação museográfica, “em linha com a história da Fortaleza de Peniche desde a sua construção e a preservação da memória da sua história recente, nos contextos da resistência à ditadura e na luta pela democracia".
A comissão integra a diretora-geral do Património Cultural, Paula Silva, o presidente da Câmara Municipal de Peniche, Henrique Bertino, e o chefe de gabinete do ministro da Cultura, Jorge Leonardo.
Da CICAM fazem ainda parte Adelaide Pereira Alves, Manuela Bernardino (do PCP), os ex-presos políticos Domingos Abrantes, Fernando Rosas, José Pedro Soares (também membro da União dos Resistentes Antifascistas Portugueses), João Bonifácio Serra, Raimundo Narciso e, agora, Pacheco Pereira.
O Governo decidiu investir 3,5 milhões de euros na recuperação da Fortaleza de Peniche, para vir aí a instalar o Museu Nacional da Resistência e da Liberdade. Classificada como monumento nacional desde 1938, foi uma das prisões do Estado Novo de onde se conseguiu evadir, entre outros, o histórico secretário-geral do PCP Álvaro Cunhal, em 1960, protagonizando um dos episódios mais marcantes do combate ao regime ditatorial.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar