Login  Recuperar
Password
  16 de Agosto de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Desporto
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Caldas rejeitou

Núcleos sportinguistas divididos em receberem Bruno de Carvalho em campanha

A Comissão de Gestão do Sporting Clube de Portugal lembrou aos núcleos sportinguistas espalhados pelo país que “não podem nem devem admitir ações de propaganda, campanha ou outras por parte de quem está legalmente suspenso”, nomeadamente Bruno de Carvalho e Carlos Vieira. Contudo, nem todos os núcleos acataram esta comunicação, como foi o caso da Nazaré ou Batalha. Caldas da Rainha e Peniche recusaram. Segundo a Comissão de Gestão, “o regulamento disciplinar do Sporting, em vigor desde 17 de fevereiro de 2018, data em que foi aprovado por iniciativa do anterior Conselho Direito, prevê expressamente a figura da suspensão preventiva”.

25-07-2018 | Francisco Gomes

Bruno de Carvalho recebido no Núcleo Sportinguista da Nazaré (foto Francisco Pinheiro)
[+] Fotos
Bruno de Carvalho recebido no Núcleo Sportinguista da Nazaré (foto Francisco Pinheiro)
“A suspensão dos membros do ex-Conselho Diretivo destituído resultou da participação de sócios na plenitude dos seus direitos e é absolutamente legal”, reforçou a Comissão de Gestão.
Nas Caldas da Rainha, o núcleo sportinguista, que abriu novas instalações no passado sábado, viu-se obrigado a esclarecer que não tinha convidado Bruno de Carvalho, ao contrário do que foi afirmado pela candidatura do ex-presidente, que tornou público que o primeiro dirigente destituído na história do clube “acedeu a ir à inauguração da nova sede do núcleo por respeitar todas as leoas e leoes das Caldas e o atual presidente da Mesa da Assembleia Geral do Núcleo, o grande leão e amigo Álvaro Cabral”.
“Fizemo-lo mesmo sabendo de todas as movimentações por parte de alguns dos membros da sua direção que em nada abonam o nosso clube”, indicou a candidatura, que viu desmentido o convite.
“Atendendo a que o Sporting está a atravessar uma fase de transição diretiva foi decidido adiarmos a inauguração deste espaço para outubro/novembro, fazendo uma abertura local, a 21 de julho, aos sócios, simpatizantes e familiares, tendo sido unicamente convidado o sr. presidente do Município das Caldas da Rainha. Fomos surpreendidos quando, abusivamente, apareceu calendarizada no programa da pretensa candidatura do sr. Bruno Carvalho a inauguração da nossa sede, situação essa que repudiamos, ao qual somos alheios, esclarecendo no entanto que o Núcleo está disponível para receber qualquer candidatura reconhecida pelos órgãos próprios do Sporting”, informou a direção do Núcleo Sportinguista das Caldas da Rainha.
“O presidente da mesa da Assembleia Geral do Núcleo do Sporting Clube de Portugal das Caldas da Rainha chama-se Jaime Feijão e não Álvaro Cabral, que é secretário deste órgão. O comunicado da candidatura do dr. Bruno de Carvalho não refere de quem partiu o convite, se por parte da direção ou se pela mesa da Assembleia Geral. No nosso Núcleo a mesa da Assembleia Geral não se sobrepõe à direção nas funções que esta tem atribuídas e, não competindo ao nosso órgão efetuar convites, não o faríamos de forma oficial”, esclareceu também Jaime Feijão, o verdadeiro presidente da Assembleia Geral do núcleo sportinguista caldense.
A candidatura de Bruno de Carvalho manifestou que “apesar desta lamentável atitude, que já vínhamos alertando ser possível dado o momento de total atropelo à democracia que atualmente o clube vive (há vários núcleos a serem ameaçados para não receberem a nossa candidatura), queremos dar os parabéns a todos os sportinguistas das Caldas da Rainha pela sua nova sede”. Anunciou também que Bruno de Carvalho “fará questão durante a campanha de se reunir com todos os sportinguistas das Caldas da Rainha que o desejarem, em local que brevemente anunciará”.
Posição diferente do núcleo caldense teve o da Nazaré, que esclareceu que os núcleos “são regidos por estatutos devidamente homologados pelo Sporting Clube de Portugal dispondo de autonomia financeira e administrativa. Nos estatutos dos núcleos é dito que não se fará distinção de ascendência, sexo, raça, língua, território de origem, religião, convicções políticas ou ideológicas, instrução, situação económica ou condição social. Desta forma a direção actual do Núcleo Sportinguista da Nazaré vem reafirmar que qualquer associado ou adepto leonino é livre de frequentar o núcleo e que as instalações estão ao dispor de todos os candidatos (atuais e futuros) ao Sporting Clube de Portugal para discussão livre e democrática dos seus programas e das suas ideias”.
A porta ficou aberta para a visita ao núcleo nazareno, tal como estava agendada, o que aconteceu no passado domingo de manhã, na presença de adeptos e sócios do Sporting, alguns deles com cartazes de apoios a Bruno de Carvalho, que encheram a lotação do espaço. Graciano Dias, presidente do núcleo, é um assumido apoiante do ex-presidente, e comentou que o comunicado da Comissão de Gestão “é uma mentira”, explicando que “os estatutos [do Sporting] foram aprovados a 17 de fevereiro mas só foram publicados no Diário da República à pressa, há dias, logo ainda não estavam em vigor [desde essa altura]. A Assembleia da República também faz leis e às vezes estamos meses à espera que entrem em vigor”. Ainda na Nazaré realizou-se um almoço no restaurante São Miguel, que, segundo a candidatura de Bruno de Carvalho, contou com “mais de 150 leoas e leões da costa oeste”.
Na Batalha, o Núcleo Sportinguista comunicou que “como só os sócios bem esclarecidos poderão ser os mais úteis ao Sporting Clube de Portugal”, aceitou a ida de Bruno de Carvalho a um almoço no restaurante Mosteiro do Leitão, seguido de uma sessão de esclarecimentos na sede do núcleo aberta a todos os sportinguistas, no dia 21. À noite realizou-se um jantar com o ex-presidente num restaurante em Alcobaça.
O Núcleo do Sporting Clube de Portugal de Peniche começou primeiro por informar estar ao dispor de todas as candidaturas aos órgãos sociais do nosso clube que pretendam efectuar na sua sede ações de esclarecimento, mas depois do comunicado da Comissão de Gestão relatou que a ação de campanha prevista para a tarde do passado domingo com Bruno de Carvalho “foi anulada”
Estas tomadas de posição dos diversos núcleos dividiram opiniões, entre quem concordou e discordou com a abertura dada a Bruno de Carvalho.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar