Login  Recuperar
Password
  20 de Agosto de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Caldas da Rainha, Política
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Socialistas sem comboio para viajarem até Lisboa

Deputados do PS eleitos pelo círculo eleitoral de Leiria, presidentes das Câmaras de Alenquer (presidente da Comunidade Intermunicipal do Oeste), Torres Vedras e Lourinhã, vice-presidentes e vereadores das Câmaras de Bombarral, Cadaval, Sobral de Monte Agraço e Caldas da Rainha, presidentes de Juntas de Freguesia, membros de Assembleias Municipais, entre outros, foram recebidos na passada quinta-feira no gabinete do ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, no final de uma ação na Linha do Oeste. A deslocação entre as Caldas da Rainha e Lisboa devia ter sido feita de comboio, mas o comboio das 13h15 acabou por suprimido, pelo que tiveram de recorrer a alternativas (carros).

25-07-2018 |

Na estação ferroviária das Caldas da Rainha
[+] Fotos
Na estação ferroviária das Caldas da Rainha
“Esta linha, depois de anos de paralisia e de ineficiência, tem de tornar-se um meio de transporte rápido, eficaz e responder às necessidades dos cidadãos, das famílias e das empresas da Região do Oeste”, sustentou Margarida Marques, deputada do PS.
A delegação entregou uma nota no gabinete de Pedro Marques, onde exprime as suas preocupações e as medidas concretas que deverão ser tomadas. Segundo Margarida Marques, essas medidas “integram já o Plano Ferroviário e estão calendarizadas, mas o calendário tem vindo a derrapar”.
Entre elas está a modernização e eletrificação da Linha do Oeste, entre Meleças e Caldas da Rainha, que consta do plano Ferrovia 2020. O projeto, cujo investimento é de 112 milhões de euros, recebeu parecer ambiental favorável em junho, estando neste momento a ser preparado o lançamento do concurso para a obra, o que deverá ocorrer nos próximos meses. Este ano será lançado o concurso para a elaboração do projeto entre Caldas e Louriçal. O lançamento do concurso para a modernização e eletrificação da linha ferroviária do Oeste está a ser preparado, devendo ocorrer nos próximos meses.
“A modernização dos sistemas de sinalização e telecomunicações para garantir uma maior segurança a todos os utentes e a renovação do material circulante”, são outras medidas, uma vez que “a não aquisição de material circulante tem inviabilizado a modernização da linha”.
Para além disso, os socialistas entendem essencial a elaboração do estudo sobre a ligação à linha do Norte, de forma a garantir a sua inclusão no próximo quadro de financiamento plurianual.
O gabinete do ministro Pedro Marques manifestou o seu empenhamento em cumprir os calendários já desenhados e assegurou que vai desenvolver as diligências necessárias para, no imediato, a prática sistemática de anulação de comboios possa ser ultrapassada.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar