Login  Recuperar
Password
  19 de Fevereiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Opinião
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Peniche, que futuro?

Já não conheço a minha cidade. Ainda sou do tempo em que meus pais me autorizavam sair à noite e a chave ficava na fechadura até à hora estipulada para entrar. Ainda sou do tempo em que chegávamos à noite a casa nos cruzávamos com um Agente da PSP.

16-01-2019 | Carlos Tiago

Ainda sou do tempo em que chegávamos à noite a casa nos cruzávamos com um Agente da PSP. Ainda sou do tempo em que tínhamos Polícia de Proximidade. Agora mais o crime cometido contra o João Pitau e a esposa não é mais do que o seguimento de vários outros crimes cometidos contra habitantes, homens e mulheres desta dita Cidade tais como muitos outros que, de há uns anos a esta parte, têm vindo a acontecer. Para não ir ao baú recordo o assalto ocorrido perto da Funerária Senhora da Conceição a uma senhora que foi violentamente assaltada em plena luz do dia, tendo ficado inclusive sem carteira e sem os documentos. Já não nos bastavam os assaltos a estabelecimentos comerciais, à propriedade privada, o trânsito caótico e a rebaldaria nos estacionamentos para termos as pessoas a serem assaltadas à luz do dia e no local que elas próprias julgam mais seguro, a sua própria habitação. Acabaram com a polícia de proximidade, reduziram o número de efetivos da polícia, talvez tenha chegado a hora de ser repensada a melhor maneira de defender a população de Peniche. Se nada fizerem, daqui ao caos é um pequeno passo. Nós penicheiros não o merecemos.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar