Login  Recuperar
Password
  24 de Setembro de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Cultura, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Bailarina e cenógrafa caldenses estreiam peça em Almada

A bailarina caldense Margarida Belo Costa, que já apresentou um espetáculo há quatro anos, no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa, vai voltar a estrear um novo projeto, “P.S. Carmen”, nos dias 21 e 22 de setembro, no Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada. Desta vez, conta com ajuda de uma amiga, também caldense, Joana Subtil, que vai integrar o projeto como cenógrafa e figurinista.

06-09-2018 | Mariana Martinho

Projeto “P.S. Carmen” (foto Ester Gonçalves)
Projeto “P.S. Carmen” (foto Ester Gonçalves)
O convite surgiu por parte da diretora da Companhia de Dança de Almada, que propôs à jovem que coreografasse uma peça para estrear no âmbito da 26ª Quinzena de Dança de Almada - International Dance Festival, sendo "um espaço para a apresentação e promoção da dança, bem como promove um conjunto de eventos bem representativos da dança contemporânea nacional e internacional”.
Para esta “nova obra coreográfica”, a bailarina foi buscar inspiração ao seu “interesse pessoal em um dos quatro atos do compositor francês, Georges Bizet, intitulado Carmen”. “Não foi só pela dramaturgia, mas também pela personalidade forte da personagem principal” sublinhou a jovem, adiantando que “P.S. Carmen” é “uma reflexão contemporânea sobre a personalidade de Carmen, podendo esta ser interpretada por um homem ou por uma mulher”.
Margarida Belo Costa iniciou o seu percurso na Escola Vocacional de Dança das Caldas da Rainha. Diplomada pela Royal Academy of Dance, ingressou em 2004 no Grupo Experimental de Dança. Em 2012 concluiu a licenciatura na Escola Superior de Dança e o 1.º ano do Mestrado Profissionalizante em Educação. A par da sua actividade como criadora, já trabalhou com o Quorum Ballet, o Teatro Mosca, o Teatro Meridional e com António Cabrita e São Castro. Atualmente integra a Companhia de Dança de Évora e é professora em várias escolas de dança em Lisboa.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar