Login  Recuperar
Password
  19 de Fevereiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Ocorrências
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

PSP identifica jovens suspeitos de vandalizarem parque infantil

A PSP identificou vários jovens, alguns deles menores, que faziam de um parque infantil das Caldas da Rainha ponto de encontro de noite e de madrugada, e que o terão vandalizado. A União de Freguesias de Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório, gestora do espaço, lamenta a situação, que motivou a colocação de fitas e avisos para sinalizar o encerramento do Parque Infantil Abílio Flores, junto ao centro escolar de Nossa Senhora do Pópulo.

13-02-2019 | Francisco Gomes

O parque infantil junto ao centro escolar de Nossa Senhora do Pópulo está encerrado
O parque infantil junto ao centro escolar de Nossa Senhora do Pópulo está encerrado
Apesar de já existirem algumas residências novas habitadas nas imediações, os vândalos não se sentiram coibidos. Os equipamentos foram sendo partidos, outros ficaram inutilizáveis, até que uma noite a vedação apareceu destruída, o que foi a gota de água.
“Foram excessos repetidos e a realmente não estava em condições, o que levou a que fechássemos o parque, que tem uma grande utilização, para reabilitação. Foram jovens de 15 a 18 anos que faziam uso indevido do espaço e que foram identificados pela PSP”, revelou Vítor Marques, presidente da União de Freguesias de Caldas da Rainha.
A autarquia ainda ia fazendo algumas reparações, até que resolveu que a intervenção teria de ser mais profunda. Já foi adjudicada uma nova vedação e será feito um reajustamento dos equipamentos.
A autarquia quer pôr cobro a excessos que configurem atos de vandalismo no parque infantil, depois da sua reabertura, que deverá ocorrer nas próximas semanas, pelo que lança já um repto à população: “A todos os que ali passem todos os dias, se virem alguma situação menos normal, comuniquem às autoridades e à junta, para que o investimento público não seja destruído”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar