Login  Recuperar
Password
  4 de Julho de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Ocorrências
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Cobra retirada de casa na Benedita

O Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) do destacamento territorial de Caldas da Rainha da GNR e os Bombeiros Voluntários da Benedita retiraram nesta quarta-feira uma cobra que se encontrava dentro de uma habitação na zona da Goucharia, na vila da Benedita.

03-06-2020 | Francisco Gomes

O réptil foi levado pelos militares do SEPNA da GNR
[+] Fotos
O réptil foi levado pelos militares do SEPNA da GNR
O alerta foi desencadeado pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria por volta das 14h45.
O réptil era uma cobra-rateira fêmea, com aproximadamente um metro de comprimento, tendo sido levado pelos militares do SEPNA para ser devolvido à natureza.
A cobra-rateira é inofensiva para os humanos. É venenosa, mas como possui os colmilhos na parte posterior da boca não utiliza o veneno como defesa, usando-o apenas durante a deglutição das presas. Não consegue, por isso, inocular veneno nos casos de mordedura acidental em seres humanos.
Alimenta-se de pequenos animais, mamíferos, aves e répteis, incluindo outras cobras, mas principalmente de roedores, justificando o seu nome. Serve para controlar pragas de ratos.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar