Login  Recuperar
Password
  21 de Agosto de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Política
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

A comparticipação financeira da Câmara das Caldas à ADIO – Associação para o Desenvolvimento Industrial do Oeste destinada a apoiar as despesas com a aquisição de 750 cadeiras para a Expoeste mereceu o voto contra dos vereadores do PS, que justificaram qu

Vereadores do PS contra aquisição de 750 cadeiras para a Expoeste

A manutenção da existência das três associações é contrária à boa gestão da coisa pública por parte desta Câmara Municipal, manifestaram Luís Patacho e Jaime Neto.

01-08-2018 | Francisco Gomes

Socialistas querem que a associação que gere a Expoeste seja fundida com outras que são responsáveis por espaços municipais
Socialistas querem que a associação que gere a Expoeste seja fundida com outras que são responsáveis por espaços municipais
No caso da ADIO, apontaram ser “uma associação com um longo historial de completa insustentabilidade financeira, de que foi exemplo maior a necessidade da recompra da Expoeste pela Câmara Municipal para evitar que esse edifício não fosse exposto a penhoras de credores da associação e subsequente venda judicial. Negócio, evidentemente, desastroso para o município do ponto de vista da boa gestão dos dinheiros públicos, que assim desbaratou mais de três centenas e meia de milhares de euros por conta do desgoverno da ADIO”.
“Urge, portanto, que a Câmara diligencie pela materialização da fusão das três associações”, defenderam os vereadores do PS, que contestam que se continue a entregar à ADIO a responsabilidade pela gestão deste tipo de equipamentos.

Oposição a subsídio para final desportiva e Feira dos Frutos

Os vereadores Luís Patacho e Jaime Neto também se opuseram à comparticipação financeira à ADIO destinada a apoiar as despesas com a realização das “Finais Nacionais de Setas de Portugal”.
“A ADIO beneficia de um subsídio geral anual da Câmara Municipal no valor de 42 mil euros, tendo em vista, nomeadamente, a promoção de feiras, certames, exposições, congressos e eventos diversos de interesse Municipal. Por isso não se compreende a razão de ser desta comparticipação financeira, uma vez que a realização do evento se integra no âmbito dos já subsidiados pela Câmara”, sublinharam.
“A atribuição de um subsídio por cada evento, feira, certame ou exposição realizada pela ADIO é a prova daquilo que os vereadores do PS têm vindo a denunciar a respeito da insustentabilidade financeira desta associação, que já deveria ter sido extinta há muito, urgindo, materializar a sua fusão na futura Caldas XXI”, comentaram.
Os socialistas também votaram contra o protocolo de cooperação a celebrar entre a Câmara Municipal, a ADIO e o Centro de Gestão Agrícola de Alvorninha no âmbito da Feira dos Frutos 2018. Os vereadores não concordam que a Câmara entregue à ADIO a produção da Feira dos Frutos, subsidiando-a com 120 mil euros para fazer face às despesas com essa organização.
“Não se vislumbra a justificação da sua escolha como entidade responsável pela comunicação, merchandising e animação, considerando que tais serviços são completamente descentrados da sua missão técnica institucional”, explicaram.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar