Login  Recuperar
Password
  20 de Agosto de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Regional
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Palestra com português que ajudou a criar vacina para crianças autistas

Mário Monteiro irá dar uma palestra sobre o trabalho que desenvolve na área da investigação nesta quarta-feira, 18 de julho, às 17h00, na Biblioteca Municipal da Nazaré.

19-07-2018 |

Mário Monteiro estará na Biblioteca Municipal da Nazaré
Mário Monteiro estará na Biblioteca Municipal da Nazaré
O investigador português ajudou a desenvolver, no Canadá, a primeira vacina de sempre contra uma bactéria intestinal associada ao autismo que poderá para melhorar a qualidade de vida das crianças com este tipo de disfunção comportamental.
Mário Monteiro é professor de Química da Universidade de Guelph, na província canadiana de Ontário, e criou, conjuntamente com a estudante de mestrado Brittany Pequegnat, uma vacina que ataca a bactéria “Clostridium bolteae”, produzida no intestino. Esta bactéria é conhecida pelo papel que desempenha numa série de distúrbios gastrointestinais, manifestando-se em quantidades mais elevadas no organismo das crianças autistas do que no das crianças saudáveis.
Bioquímico, investigador, professor universitário, Mário Monteiro nasceu em Lisboa e viveu até aos 14 anos numa aldeia do concelho de Gouveia, tendo emigrado para o Canadá com os pais. Foi neste país que desenvolveu o que diz ser uma das principais características de um cientista: ser um bom observador, princípio que aplica nos seus projetos de investigação que já deram origem ao desenvolvimento de três vacinas contra bactérias intestinais. A terceira, que lhe consome quase todo o tempo de trabalho já há três anos, vai revolucionar a qualidade de vida de crianças com autismo.
Vencedor do Prémio "Inovação" (2016) atribuído pela comissão Gryphon’s Learning to Accelerated Adoption of Innovative Research na Universidade de Guelph, Mário Monteiro viu o seu trabalho reconhecido também pela organização britânica vaccination.org e pela World Vaccine Congress (2014).
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar