Login  Recuperar
Password
  19 de Fevereiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Regional
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Município e Pescadores da Nazaré estudam criação de Cabaz de Peixe

O Município e a Associação de Armadores e Pescadores da Nazaré iniciaram conversações com vista à criação de um “cabaz de peixe”, semelhante ao que existe em outros concelhos portugueses com atividade piscatória. O objetivo da proposta de criação de um cabaz de peixe fresco, pescado na costa pelas embarcações locais, a que poderão juntar-se os legumes produzidos pelo concelho, “é criar circuitos curtos de venda por intermédio e apresentar um preço mais competitivo para o comprador”, explica Walter Chicharro, Presidente da Câmara Municipal.

16-01-2019 |

O objetivo é criar um cabaz de peixe fresco, pescado na costa pelas embarcações locais a que poderão juntar-se os legumes produzidos pelo concelho
O objetivo é criar um cabaz de peixe fresco, pescado na costa pelas embarcações locais a que poderão juntar-se os legumes produzidos pelo concelho
O Armazém 33, projeto local de apoio à comunidade piscatória dinamizado pela Câmara, Confraria N.S.N e Paróquia, irá estudar a viabilidade de uma candidatura do Cabaz a financiamentos comunitários.
“Estive e estarei ao lado dos pescadores, como também dos produtores do concelho. Já nos deslocámos a Lisboa em protesto contra o impedimento da pesca de sardinha, com a entrega das últimas sardinhas pescadas no mar da Nazaré ao Ministério do Mar (2015); e à Direção Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos para reclamar o pagamento das ajudas do Fundo de Compensação Salarial (2017), como também encontrámos solução para o excesso de produção de alho francês em Valado dos Frades (2014)”, diz Walter Chicharro sobre o trabalho desenvolvido pela sua gestão da Câmara na defesa do setor primário.
A Autarquia iniciou, entretanto, a elaboração de um documento que reúne as suas preocupações o setor das pescas para entregar à tutela.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar