Login  Recuperar
Password
  20 de Agosto de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Cultura, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Exposição de calendário dos anos 50

“Heranças do passado numa viagem ao calendário dos anos 50” é o título da exposição de calendários que foi inaugurada na tarde do passado sábado no Museu de Ciclismo, nas Caldas da Rainha.

25-07-2018 | Rui Miguel

Gravuras
[+] Fotos
Gravuras
Para além dos calendários ilustrados com gravuras de um Portugal que, à época, “vestia de cinzento” e a que o vitralista Mário Costa deu cor às aguarelas que retratam costumes e tradições do país, impressas com grande qualidade na LitoMaia, a exposição conta também com um polo dedicado à meninice dos anos 50 do século passado.
Neste núcleo podem ver-se livros, publicações, contos infantis das coleções “Formiguinha”, “Majora”, “Manecas” e “Pim Pam Pum”, brinquedos de madeira, de lata e cartazes de filmes como “Branca de Neve”, “Joselito” e outros.
Mário Lino, responsável pelo museu, afirmou que “coisas muito simples, como os calendários, são muito boas para recordar outros tempos”
Neste evento foi prestada uma homenagem a Carlos Silva, colaborador do museu, recentemente falecido.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar