Login  Recuperar
Password
  20 de Janeiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Cultura, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Maria Portugal apresentou “A Alma dos Bichos” na Biblioteca Municipal

“A Alma dos Bichos” é a mais recente obra infantil da escritora Maria Portugal, que vive nas Caldas da Rainha. Este livro, que foi apresentado no passado sábado, no auditório da Biblioteca Municipal, retrata uma viagem alegórica sobre os sentimentos dos animais e sobre a capacidade para sonhar.

19-12-2018 | Mariana Martinho

A autora do livro “A Alma dos Bichos”, Maria Portugal
A autora do livro “A Alma dos Bichos”, Maria Portugal
A escritora, que é formada em direito, desde muito cedo começou a escrever “por necessidade de alma”. Criou um blogue no qual divulga os seus poemas, que originou a publicação do livro de poesia “Uma palavra à solta”, que será apresentado pelo autor Jorge Castro no dia 26 de janeiro, no auditório da Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha.
Em relação à sua publicação da editora Chiado Books, Maria Portugal procurou transmitir através dos animais “o valor que podem ter pessoas que a sociedade põe à margem, seja pelo peso da idade, seja por outras circunstâncias”.
Inspirada na relação que a sua filha tem com os animais, a escritora fala sobre a capacidade dos animais em dar carinho e afeto às pessoas, sendo por vezes “uma espécie de terapia para indivíduos que vivem sozinhos como é o caso da personagem principal da obra, a Dona Eugénia”.
Segundo Maria Portugal, “a história começa quando a Dona Eugénia adota um cão abandonado, e decide levá-lo para casa e cuidar dele, até que em certa altura, ele acaba por provocar um acidente à dona”. Enquanto a idosa está hospitalizada, o animal é adotado por uma família, que o prende e deixa-o na rua.
“Na obra também tentei chamar atenção para o lado cruel das pessoas com os animais”, contou a autora, adiantando que “mais tarde uma gata e os restantes animais de rua juntam-se para ajudar o amigo a fugir e a regressar a casa da dona, que lhe deu tanto amor”.
Segundo Maria Portugal, “enquanto uma gata define a liberdade como a possibilidade de fazer escolhas, um cão mostra-nos quantos obstáculos se pode vencer pelo amor de quem por amor lhe salvou a vida”. Por isso, a escritora recomendou que “aconteça o que acontecer, nunca deixe de sonhar”.
A apresentação da autora e do livro foi feita por Palmira Gaspar, da Comunidade de Leitores e Cinéfilos das Caldas da Rainha, que destacou que esta obra é o 22º livro que a Comunidade apoia o lançamento na Biblioteca Municipal.
Palmira Gaspar comentou que o conto retrata os sentimentos e as qualidades que a autora atribuiu aos animais como amizade, companheirismo, entreajuda e humildade. Esses “sentimentos e qualidades”, segundo a responsável, “devem ser transmitidos às crianças e aos jovens, pelos educadores e pelos pais, porque são muito importantes para o desenvolvimento e relacionamento deles em comunidade”.
Para Palmira Gaspar, “os bichos acabam por nos dar grandes exemplos daquilo que devemos ser. Amigos dos nossos amigos”. Destacou ainda a capacidade da autora em colocar na escrita essa habilidade atribuída aos animais de desenvolver as qualidades e os sonhos.
O livro, que custa 9,50 euros, pode ser encomendado pelo telemóvel 915386327.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar