Login  Recuperar
Password
  21 de Agosto de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Regional
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

O Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE) no Bombarral, situado no edifício lateral à Câmara, na Praça do Município, foi inaugurado na passada quinta-feira, após a assinatura do protocolo de cooperação com a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidade

Autarquia bombarralense inaugurou o novo serviço de apoio ao emigrante

O GAE funciona de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h30 às 16h00, e pretende também promover o aproveitamento do poder económico das comunidades portuguesas, associado às potencialidades oferecidas pela região, incentivando o desenvolvimento de projetos de investimento, em conjugação com o Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora.

01-08-2018 | Mariana Martinho

Entidades inauguraram o espaço
[+] Fotos
Entidades inauguraram o espaço
A inauguração do gabinete contou com a presença do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, e do diretor geral da Direção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas, Júlio Vilela, que em conjunto com o presidente da Câmara Municipal do Bombarral, Ricardo Fernandes, assinaram o protocolo de criação do GAE.
O autarca começou por recordar os vários fluxos migratórios que país viveu ao longo da sua história, congratulando o facto de hoje a prioridade da administração central passar por “proporcionar as melhores condições para que aqui possam aplicar e concretizar os seus desejos e as suas ambições”.  Igualmente sublinhou o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, com base no “acompanhamento, dedicação e presença em vários momentos de dificuldades que os nossos emigrantes atravessaram”. 
O edil afirmou também que é “fundamental estarmos preparados para os receber, prestando todo o apoio, ajudando a ultrapassar aquelas dificuldades com que muitas vezes se depararam com a sua chegada”. Por isso, o GAE pretende ser “uma porta de apoio” para os emigrantes bombarralenses que “no dia em que regressem, encontrarão um modelo inovador capaz de os auxiliar e encaminhar nos mais vários assuntos”.
O serviço destina-se igualmente a quem pretende trabalhar no estrangeiro, “procurando o gabinete informar e acautelar a sua deslocação, quer nas questões laborais ou de apoio social”.
Já o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas destacou o interesse demonstrado pela autarquia em abraçar este projeto, bem como a força dada pela deputada da Assembleia da República, a bombarralense Margarida Marques, que esteve presente no evento.
Segundo José Luís Carneiro, “estamos a entregar uma chave ao município que permite a abertura de uma porta de acesso a uma rede consular presente em 148 países e que garante apoio àqueles que querem sair e aos que querem regressar”, visto que a “força dos portugueses no mundo” totaliza-se em 5,7 milhões, divididos por 178 países.
Entre as mais-valias deste gabinete, o secretário de Estado destacou “a recuperação dos direitos de reforma”, sendo um dos “principais pedidos que chegam aos GAE”. Contudo, realçou que graças ao trabalho desenvolvido nestes gabinetes foi possível no ano passado “recuperar entre 7 a 8 milhões de euros em direitos sociais”. 
Além disso, o GAE tem igualmente por missão “identificar e apoiar os investidores portugueses na diáspora”, pois os portugueses, “mesmo estando longe, estão permanentemente com os seus olhos e o seu coração postos nas suas terras de origem”. ?José Luís Carneiro também referiu que “tão importante como o protocolo assinado é o trabalho que se agora inicia”, desejando que o GAE do Bombarral possa “entrar nos municípios do país que apresentam as melhores práticas”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar