Login  Recuperar
Password
  21 de Fevereiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Economia
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Empresa caldense recebe investimento de 600 mil euros

A Indico Capital Partners, sociedade de capital de risco portuguesa, acaba de anunciar o seu investimento na Bitcliq, uma plataforma digital que permite a compra direta do peixe, no momento em que é capturado no mar, por parte de compradores como retalhistas, hotéis ou restaurantes.

13-02-2019 |

Equipa da Bitcliq
Equipa da Bitcliq
Adicionalmente, a plataforma permite ainda uma rastreabilidade completa do peixe desde o local de captura até à mesa. A rastreabilidade da captura promove a sustentabilidade da mesma, sendo um fator cada vez mais essencial para um ecossistema frágil devido às práticas ilegais de pesca e à poluição dos oceanos causada, por exemplo, por plásticos ou derrames variados.
Nos últimos três anos, a empresa sediada nas Caldas da Rainha tem desenvolvido inúmeros projetos de melhoria de eficiência operacional e de armazenagem de dados com frotas pesqueiras em África, Ásia e Europa.
O investimento de 600 mil euros liderado pela Indico Capital Partners, com a participação da LC Ventures, vai permitir à Bitcliq concluir a implementação do primeiro marketplace global de peixe baseado em blockchain. A plataforma, já operacional no principal porto piscatório português de Peniche, irá permitir a ligação entre todas as frotas de pesca com parceiros de logística e compradores e executar ordens de compra e venda assim que a captura é registada a bordo usando apenas smartphones. O marketplace piloto está a decorrer em cooperação com a Docapesca, empresa estatal grossista e entidade que garante a qualidade de todo o peixe vendido em Portugal, e com outros parceiros e entidades oficiais.
Pedro Manuel, fundador e CEO da Bitcliq, afirma que “esperamos que este piloto seja rapidamente extensível a todo o país e, consequentemente, para os maiores portos de pesca na Europa. A forma como o peixe é comprado na Europa não se alterou significativamente nos últimos 30 anos. Esta plataforma vai seguramente acrescentar mais eficiência e mais transparência ao conectar os agentes de mercado”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar