Login  Recuperar
Password
  4 de Julho de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Regional
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Duas centenas de trabalhadores de conserveira com teste negativo

Duas centenas de trabalhadores da fábrica de conservas ESIP, de Peniche, enviados para casa na semana passada tiveram testes negativos à Covid-19, revelou à agência Lusa John Merva, diretor da comunicação para a Europa da multinacional tailandesa Thai Union, a que pertence a conserveira. Vão regressar ao trabalho logo que termine o período da quarentena.

03-06-2020 |

No dia 20, uma trabalhadora apresentou sintomas, foi sujeita ao teste da Covid-19 e obteve resultado positivo. Encontra-se em casa em isolamento profilático e não apresenta sintomas graves.
Por esse motivo, empresa e autoridades de saúde decidiram testar duas centenas de trabalhadores, dos 850 que a fábrica possui.
John Merva explicou que, desde o início da pandemia, no âmbito do plano de contingência, a unidade “separou turnos e áreas”, o que permitiu confinar o eventual foco de contaminação apenas aos trabalhadores que estiveram em contacto com a infetada. Por isso, os restantes “não precisam de estar em isolamento ou serem submetidos a testes”.
Para o regresso das duas centenas de trabalhadores, a indústria conserveira está a efetuar “trabalhos para melhorar as medidas de distanciamento social e a rever a separação de turnos para garantir a máxima segurança”, adiantou.
Desde que foi detetado o caso positivo, a conserveira desinfetou áreas que foram usadas por essa trabalhadora, incluindo salas de descanso, vestiários e áreas laborais.
Dentro do seu plano de contingência, a conserveira já tinha adotado a medição de temperatura à entrada de cada turno, o uso de equipamentos de proteção individual, a higienização regular das mãos e o reforço da limpeza.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar