Login  Recuperar
Password
  13 de Novembro de 2018
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Cultura, Caldas da Rainha
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Noite de Halloween nas Caldas

Na noite de 31 de outubro festejou-se o Halloween um pouco por todo o país. Apesar desta tradição pagã estar mais enraizada nos Estados Unidos, o Dia das Bruxas é igualmente assinado em Portugal. Multiplicam-se as festas em escolas, bares ou noutros locais e os fatos de Halloween e as respetivas máscaras são cada vez mais comuns. De bruxas a esqueletos as opções foram muitas e variadas.

07-11-2018 | Marlene Sousa

São os alunos mais velhos que organizam as salas
[+] Fotos
São os alunos mais velhos que organizam as salas
Este ano o JORNAL DAS CALDAS acompanhou a animação na Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste e na Escola Secundária Raul Proença.

Autêntica casa de terror na Escola Raul Proença

O que seria do Halloween sem algum medo à mistura? Para quem gosta de viver intensamente esta tradição, a Escola Secundária Raúl Proença foi o local ideal.
O bloco B do estabelecimento de ensino tornou-se numa autêntica casa de terror. Esta iniciativa organizada pela Associação de Estudantes já tem cinco anos de existência e tem vindo a ganhar consistência, pelos sustos e emoções que provoca a quem participa. Numa “experiência inédita”, este ano subordinado ao tema da religião, não faltaram os “provérbios, símbolos do satanismo, freiras e mortos-vivos”. Na entrada do edifício estava um pentagrama gigante com velas ligado ao “satanismo” e “adoração do diabo”.
A organização ofereceu aos alunos doze percursos especiais na noite de 31 de outubro, a pensar no terror de Halloween. São os alunos mais velhos que organizam as salas e que se divertem a caraterizar-se e a assustar os colegas. Os estudantes mais novos, chamados por grupos, percorrem as diferentes salas na “ansiedade de viverem grandes emoções”.
Cada sessão teve a duração de minutos e enquanto os diferentes grupos de corajosos esperavam pela sua vez havia música com dj e diversão no polivalente. “Este ano a decoração mudou, tentámos que fosse mais criativa e assustadora”, disse Pedro Jarrais, elemento da Associação de Estudantes da Raul Proença. “Toda a atração foi criada pelos alunos”, adiantou o responsável.
O diretor do Agrupamento de Escolas Raul Proença, João Bernardes Silva, foi o primeiro a passar o percurso das doze salas, até para “verificar se tudo estava com segurança”. “Fico sempre muito surpreendido com a criatividade dos alunos e com a forma como se transcendem”, disse o diretor ao JORNAL DAS CALDAS, referindo que demonstra a “capacidade de iniciativa e de organização dos excelentes jovens que temos como alunos”.
“A diversão foi grande e a direção da Associação de Estudantes está de parabéns pela qualidade do evento e capacidade de mobilização dos colegas”, frisou.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar