Login  Recuperar
Password
  Sábado, 24 de Junho de 2017
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Escolhas do Editor, Sociedade
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Professoras homenageadas pelos anos de serviço

Cerca de 150 pessoas assistiram, no passado dia 3, no Centro Cultural e de Congressos (CCC), à cerimónia de homenagem do Dia do Professor, um evento anual promovido pela Câmara Municipal e que presta homenagem aos professores que se aposentam no ano anterior.

08-02-2017 | Marlene Sousa

O presidente da Câmara e o vereador da Educação com as professores homenageadas
[+] Fotos
O presidente da Câmara e o vereador da Educação com as professores homenageadas
Este ano, as homenageadas foram as docentes Isabel Maria de Sousa e Silva (Agrupamento de Escolas Raul Proença), natural da cidade das Caldas, e Graciete de Almeida Querido (Agrupamento de Escolas D. João II)., natural de Carvalhal Benfeito.
Este é sempre um momento de convívio entre docentes de várias gerações e é também altura do pelouro da Educação fazer um balanço e apresentar os seus projetos.
A sessão de homenagem decorreu no pequeno auditório do CCC e iniciou com a atuação das crianças do 1º ciclo das escolas primárias do Carvalhal Benfeito e Santa Catarina, que apresentaram o que aprenderam na oficina “O Jazz vai às Escolas”, sob a orientação do músico Jorge Mendonça de Oliveira. No âmbito deste programa e numa relação direta com o festival “Caldas Nice Jazz”, decorreu pelo segundo ano a oficina “O Jazz vai às escolas”, em que as crianças aprendem a construir instrumentos musicais a partir de objetos do quotidiano e trabalham inúmeras competências pessoais e sociais.
O vereador da Educação, Alberto Pereira, destacou na sessão o esforço da Câmara Municipal na obtenção de fundos comunitários no propósito de requalificar as escolas, revelando que estão já em curso duas obras, na escola do Bairro dos Arneiros e na de Tornada. Referiu ainda que está em “execução o projeto para a Escola da Encosta do Sol, na qual será introduzida a valência do pré-escolar com uma sala e está feito o programa preliminar para a requalificação da Escola do Avenal”, o que significa que preparam-se para colocar em concurso também este projeto.
Alberto Pereira referiu que a autarquia pretende ainda avançar com obras nas escolas do Bairro da Ponte e de A-dos-Francos, o que constituirá, na globalidade, “um investimento na ordem dos dois milhões de euros, ou mesmo um pouco mais, para o qual a Câmara terá de entrar com os quinze por cento da contrapartida nacional”. “O mérito das candidaturas e uma gestão prudente e rigorosa dos dinheiros públicos é fundamental para assegurar a concretização destes objetivos, mas será um contributo mais para a manutenção da excelência do ensino em Caldas da Rainha”, sustentou.
O autarca informou ainda que está em curso o processo de revisão da Carta Educativa Concelhia, tal como referiu há um ano atrás que iria acontecer.
O vereador frisou que a autarquia faz mais em prol da educação do que a lei obriga, assumindo uma comparticipação significativa nas “visitas de estudo, no apoio aos alunos carenciados, nos transportes escolares com o novo autocarro recentemente adquirido, na promoção e recolha de livros manuais com a Biblioteca Municipal e na criação do portal da rede de bibliotecas do concelho”.
O autarca frisou também que a câmara colabora na requalificação dos professores, tendo para tal “equipado uma sala do Centro de Formação com tecnologia de vanguarda, permitindo criar um Laboratório de Ciência Viva Digital, o qual também é hoje utilizado semanalmente pelos alunos do primeiro ciclo de todo o concelho”.
Quanto ao programa educativo @prender.mais-CR, que a autarquia promove há três anos, Alberto Pereira explicou que há sempre renovação, com “projetos novos, que mantêm a sua dupla matriz na educação não formal - com projetos como o “CRinfantoon -Desenho de Cartoon”, ou o “Yoga no pré-escolar” - com outros mais formais, como a iniciação ao Inglês, Mandarim, a atividade física e desportiva, a que se somam os iniciativas de sensibilização ambiental e “As hortas de maio”.
O responsável pelo pelouro da Educação avançou que o “@aprender.mais-CR, bem como o projeto “Conhecimento em movimento” e a construção de uma sala Snoezelen ficaram assegurados no Pacto dos Autarcas, no âmbito das candidaturas aos fundos comunitários, enquadrados no financiamento do Programa Aluno ao Centro, destinado ao combate ao insucesso escolar”.
A preocupação com a saúde e o bem-estar das crianças vai prosseguir através da parceria com a Unidade de Saúde Pública Zé Povinho (Cidade dos Afetos) e do projeto de “Controlo da obesidade infantil” no primeiro ciclo e o apoio aos alunos com necessidades educativas especiais no pré-escolar.
O presidente da Assembleia Municipal, Lalanda Ribeiro, destacou o papel dos professores do 1º ciclo, que “são aqueles que marcam as pessoas e aqueles que os alunos nunca esquecem no seu percurso escolar”.
O presidente da Câmara, Tinta Ferreira, sublinhou a importância do trabalho desenvolvido pela comunidade docente e exaltou o papel da educação. “Uma justa homenagem aos professores por tantos anos de trabalho”, afirmou. Considerou,o concelho uma referência no que se refere à educação e elogiou o trabalho “sólido” a nível pedagógico realizado pela comunidade escolar, recordando que os resultados dos mais de 500 exames nacionais continuam a colocar o concelho no topo da média nacional. “Caldas da Rainha é um concelho atrativo em termos de educação, onde já há famílias de outros locais que escolhem as Caldas para os filhos estudarem”, apontou.
Referiu que a autarquia tem uma relação mais próxima com os professores das escolas primárias. No entanto alegou que se a lei determinar à Câmara a delegação de competências na área da educação serão também homenageados os professores do 2º ciclo e secundário e será o maior “orçamento do município que tem cerca de 1000 professores e 10 mil alunos das várias escolas”.
Uma atuação da escola Vocacional de Dança dos Pimpões encerrou esta cerimónia.
No final decorreu um jantar no foyer do CCC oferecido pela Câmara Municipal, com animação do Dj Gaby.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar