Login  Recuperar
Password
  26 de Maio de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Economia
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Técnica inovadora de Raio-X domina conferência de uma semana no CCC

Entre os dias 24 e 29 de março, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha decorrerá um evento internacional sobre uma técnica de Raio-X com muita aplicação que envolve um pequeno número de especialistas a nível mundial.

20-03-2019 | Gabriel Salvador (texto) Diana Dias (foto)

Cristina Chaves, Luís Cerqueira e Miguel Reis, organizadores do evento
Cristina Chaves, Luís Cerqueira e Miguel Reis, organizadores do evento
É uma técnica utilizada para caraterizar os elementos químicos de um material ou amostra. Quando um material é irradiado com um feixe iónico ocorre uma interação atómica e como consequência, o material emite um fotão caraterístico com comprimento de onda na região do espectro eletromagnético dos Raios-X. A técnica Pixe é um poderoso método de caraterização elementar não destrutivo usado por físicos, geólogos, arqueólogos, restauradores de obras de artes, entre outros profissionais, inclusive podendo ser usado para fornecer respostas que vão desde como está a qualidade do ar que respiramos, até sobre a procedência, datação e autenticidade de uma obra de arte.
Miguel Reis, do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, um dos organizadores deste evento, revelou que a iniciativa “vai decorrer em inglês e que contará com cerca de trinta países a participar e vai estar um grupo significativo de japoneses, tailandeses, indianos brasileiros, italianos, além dos portugueses, entre outros”.
“É um evento sobre uma técnica de Raio-X que faz a utilização de aceleradores de partículas de baixa energia para excitar os Raios-X nas amostras e assim conhecermos quais são os elementos que compõem essas amostras, é uma técnica com muitas aplicações, desde ambientais, a estudos de património cultural, medicina, biologia, ciência de materiais, entre outras. Portugal, em particular, tem um número razoável de especialistas com um reconhecimento significativo. Estamos presentes no Comité Internacional de Acompanhamento, do qual sou o presidente e temos algum impacto a nível mundial, dando imagem de um Portugal tecnológico e científico que nem sempre é possível”, descreveu Miguel Reis.
No dia 27 irá haver uma interrupção dos trabalhos para os conferencistas conhecerem a região, mas de manhã terá lugar uma sessão pública na Escola Superior de Turismo e Tecnologias do Mar, em Peniche, onde um dos temas que vai ser abordado são as análises que estão a ser feitas em Marte utilizando a técnica para conhecer a composição do solo. O palestrante será o responsável pelas análises.
Durante essa semana 78 estrangeiros vão andar com mochilas a dizer Pixe (Particle-induced X-ray emission), espalhados pela cidade.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar