Login  Recuperar
Password
  18 de Janeiro de 2022
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Google Plus Siga a nossa página Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Picasa Siga-nos no YouTube Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Sociedade, Óbidos
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Santuário do Senhor Jesus da Pedra em processo de classificação

02-06-2011 |

Santuário do Senhor Jesus da Pedra em processo de classificação
Santuário do Senhor Jesus da Pedra em processo de classificação
Tendo em vista uma intervenção global de salvaguarda e conservação do Santuário do Senhor Jesus da Pedra, foi solicitado pelo Município de Óbidos ao Gabinete de Gestão Património Histórico a elaboração de uma proposta de classificação do conjunto constituído pelo Santuário, construções anexas (antiga Casa dos Romeiros e Chafariz) e terreiro, como Imóvel ou Conjunto de Interesse Público e elaboração de proposta de delimitação da respectiva Zona Especial de Protecção. A instrução do processo de classificação, incluindo o enquadramento histórico e artístico, caracterização arquitectónica, valor patrimonial, cultural e urbanístico, que justificam a eventual classificação, foi realizada sob a responsabilidade de Sérgio Gorjão, tendo o processo sido submetido à apreciação da Direcção Regional de Cultura de Lisboa e Vale do Tejo (DRCLVT), no final de Março de 2010. Na sequência desta proposta, a DRCLVT iniciou um processo de estudo de eventual classificação do imóvel, que permitiu confirmar a relevância dos valores identificados, tendo o IGESPAR (Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico) determinado a abertura do procedimento administrativo de classificação do Santuário do Senhor Jesus da Pedra, cujo anúncio foi publicado no passado dia 23, no Diário da República. Conforme consta no anúncio, “a decisão de abertura do procedimento de classificação em causa teve por fundamento o facto de se tratar de uma das principais obras do período de D. João V, filiando-se num ciclo de grandes construções nacionais de concepção barroca e que, contando ainda com a presença de património móvel e integrado coevo, se constitui como um dos expoentes máximos do barroco quinto-joanino em Portugal”. A informação técnica dos serviços da DRCLVT refere ainda a “exemplaridade de concepção arquitectónica”, “elevado valor patrimonial”, “memória da fixação humana e das suas actividades”, “relevância cultural no âmbito da arquitectura do séc. XVII em Portugal”, considerando nomeadamente o génio do seu criador, o arquitecto capitão Rodrigo Franco e a participação de diversos artistas nacionais do seu tempo, e ainda a expressão do imóvel no contexto da paisagem em que se insere e na sua articulação com a vila de Óbidos. Tendo em vista a clarificação da zona de protecção do imóvel, actualmente com 50 metros a partir dos limites externos, foram já iniciados contactos com a DRCLVT no sentido de propor a delimitação de uma Zona Especial de Protecção.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Booking.com
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar